Esposende: um maestro… mestre em Manchester

O esposendense Diogo Costa, natural de Belinho, acaba de ver reconhecido o seu trabalho e talento ao ingressar na Northern College of Music em Machester para frequentar um mestrado em direcção de orquestra — revela o jornal Farol de Esposende.

Além de maestro, Diogo Costa tem a paixão pelo Jazz, com inúmeras orquestras, ao lado de alguns dos grandes nomes, como Benny Golson, Perico Sambeat, John Ellis.
Em Lisboa toca regularmente, com a Orquestra de Jazz do Hot Clube de Portugal, a Claus Nymark Big Band e a Reunion Big Jazz Band com a qual gravou, em 2011, o primeiro álbum “Ouija”.

Como maestro convidado, dirigiu a Orquestra do Algarve – Orquestra Clássica do Sul, a Orquestra Académica Metropolitana de Lisboa, a West European Studio Orchestra, a Orquestra Sinfónica da Escola Profissional de Música de Viana do Castelo e a Orquestra de Cordas dos alunos da Casa Pia de Lisboa (Colégios Nuno Álvares Pereira e D. Maria Pia – Lisboa).

Também o site Blasting News destaca este feito do Maestro da Banda de Antas, “depois de um período de estudos em Lisboa, onde frequentou a Escola Superior de Música de Lisboa, concluindo a Licenciatura em instrumento- Trombone, para depois de ingressar na “Metropolitana”- Escola Superior de Música para seguir o seu grande desígnio: seguir a carreira de maestro.
A Royal Northern College of Music, Manchester, é uma das mais conceituadas escolas de Inglaterra, de onde já saíram outro maestros, entre eles, Baldar Bronniamann, que dirige a  Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música.
O Mestrado terá a duração de 2 anos e Diogo Costa considera ser muito positivo para a sua formação que lhe dá a oportunidade de apresentar o seu trabalho em outros contextos musicais esperando que lhe seja abertas as portas de progressão profissional.
O Maestro não abandona os projectos em Portugal e continua a ser maestro da Banda de Antas-Esposende que desempenha desde de 2012, e na aposta em reportório de autor, na participação em concertos com artistas de renome como sucedeu com Vitorino e a Fadista Filipa Menina ou o ensemble com o Coro de Pequenos Cantores de Esposende.
Para trás fica a participação no 1º e 2ª edição do festival de Bandas de Braga, do qual resultaram o 3 e 2º lugares na categoria Banda e Maestro, respectivamente.

Foto de cronicas-do-minante.blogspot.pt

Diogo 2

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s